Publicação de artigo

dezembro 10, 2008

Este mês foi publicado um artigo meu no periódico eletrônico da Obercom (OBS*).
Chama-se Comunicação, medicina e evolucionismo: estudo de caso dos media brasileiros

Abaixo, o resumo em português e em inglês e o link para o artigo.

Comunicação, medicina e evolucionismo: estudo de caso dos media brasileiros

Resumo

O objectivo deste trabalho é discutir acerca da noção de intelectual-jornalista no campo científico a partir de um estudo de caso dos media brasileiros. Com este conceito, Bourdieu se referia ao papel dos críticos e avaliadores que julgam produtos culturais diversos e lhes dão maior ou menor evidência nos veículos de comunicação. Contudo, o termo parece não restringir-se ao campo de produção cultural e, no Brasil, pode ser observado também na área biomédica. No caso em estudo, Dráuzio Varella tem função de médico e jornalista ao mesmo tempo. Enquanto médico-jornalista, ele reveste-se de seu direito de expressão, mediática e cientificamente reconhecido, e, no entanto, faz uso de um discurso não científico, repleto de metáforas, certezas e juízos de valor, ou seja, cientificamente desqualificado, mas, ainda assim, estatutário. A importância de Varella deu-se no meu doutorado em pesquisa sobre o nexo obesidade/pobreza no jornal brasileiro “Folha de São Paulo”. Enquanto intelectual-jornalista, o médico ratifica certa ‘ordem estabelecida’: ele sempre fala segundo um ponto de vista radicalmente evolucionista. No âmbito da obesidade/pobreza, seu discurso enfatiza a noção de obesidade como anacronismo biológico e conduz à naturalização e medicalização da pobreza, na medida em que também aponta para a noção de darwinismo social.

Communication, medicine and evolucionism: case study from Brazilian newspaper

Abstract

This work discuss about the notion of intellectual-journalist in the scientific field in a case study from Brazilian newspaper. With this concept, Bourdieu refers to the role of critics and evaluators judging cultural products and giving them more or less evidence in mass media communication. However, the term does not seem to be restricted to the field of cultural production and, in Brazil, can be seen also in the biomedical area. In the case under study, Dráuzio Varella plays the role of doctor and journalist at the same time. While doctor-journalist he has the right of expression journalistic and scientifically recognized, and yet he makes use of a not scientific discourse, full of metaphors, certainties and judgments, i.e. scientifically disqualified, but nevertheless statutory. The importance of Varella appeared on my doctoral study about obesity/poverty nexus in the Brazilian newspaper “Folha de São Paulo”. As intellectual-journalist, the doctor ratifies certain ‘established order’: he always speaks in a radically evolucionist point of view. As part of the obesity/poverty, his speech emphasizes the notion of obesity as biological anachronism and leads to naturalization and medicalization of poverty, in that it also points to the concept of social darwinism.


Trabalho de investigação e publicações

julho 5, 2008

Tenho deixado de lado a atualização deste blog. Não foi desleixo ou falta de tempo. Na verdade, a vida acabou por me levar a mudanças no campo de investigação, o que eu ainda estou elaborando e trabalhando muito de modo a realizar um excelente trabalho.

Desde maio venho trabalhando na Universidade Católica Portuguesa como investigadora num projeto que envolve comunicação e reflexão sobre as ciências da vida a partir de questões bioéticas. O projecto está em fase de preparação e, por enquanto, não há muito ainda o que dizer a respeito.

Por causa desta minha nova atividade de investigação, tive que interromper meu pós-doutoramento na Universidade de Coimbra. A Fundação para a Ciência e a Tecnologia exige dedicação exclusiva ao pós-doutoramento. Mas, sinceramente, mesmo que não o exigisse, seria impossível compatibilizar minha investigação de campo da pesquisa de pós-doutoramento com a da Católica.

Publicações

Já faz algum tempo que publiquei aqui posts sobre a 5a SOPCOM, evento de caráter nacional em Portugal que reúne investigadores portugueses a cada dois anos. As Actas do evento demoraram a ser publicadas, mas finalmente já estão online. Abaixo o link para os pdfs dos dois trabalhos que apresentei em setembro de 2007, já devidamente publicados.

Comunicação, medicina e evolucionismo: estudo de caso dos média brasileiros

Media, política e construção social do direito à saúde


III Jornadas Internacionais de Jornalismo, Porto

março 17, 2008

Minha apresentação nas Jornadas foi muito boa, creio eu. Uma pena eu ter sido escalada para o fim da seção, pois não havia muita gente mais para vê-la.

meu ppt apresentado nas III Jornadas

Aliás, este parece ser o maior problema nos congressos. As pessoas se preocupam muito em apresentar seu próprio trabalho e não ficam para ver os outros da seção em que participam. Com isto, cumpre-se uma formalidade, ou seja, a produção acadêmica, mas, o objetivo principal dos congressos, que seria a troca entre investigadores, acontece pouco. Mesmo nas mesas principais (foto abaixo), onde ocorrem as comunicações de pesquiadores mais prestigiados, é comum que os vejamos lendo seus papéis ou livros enquanto os outros apresentam. A boa etiqueta acadêmica parece estar ficando cada vez mais fora de moda. Uma pena…

jornadas.jpg


Episódio Nassif/Veja e o campo jornalístico virado pelo avesso: mas quem vê isso?

fevereiro 27, 2008

Artigo também publicado no Observatório da Imprensa

Para tentar compreender o que pode fazer um jornalista, é preciso ter no espírito uma série de parâmetros: de um lado a posição do órgão de imprensa no qual ele se encontra […] no campo jornalístico; em segundo sua própria posição no espaço de seu jornal ou de sua emissora.
Pierre Bourdieu

Há tempos que, em sala de aula, eu mostrava aos calouros de jornalismo que não há um limite claro entre o fato e a opinião. Mas esta discussão não é mérito meu. Em qualquer excerto retirado dos jornais e revistas brasileiros, isto fica muito claro. Principalmente se o analisarmos no contexto da página em que está inserido, combinado com títulos, subtítulos, imagens, legendas etc. Perguntava-me se não seria isto óbvio. O olhar de espanto de muitos estudantes dizia-me que não. Continue lendo »


Publicação de novo artigo

janeiro 23, 2008

Acaba de sair novo artigo meu na revista científica Communication Studies, publicação semestral da Universidade da Beira Interior (Covilhã, Portugal). O artigo intitula-se:

Risco, dispositivos de informação e a questão do governo em sua relação com a saúde nas sociedades contemporâneas

Foi escrito a partir do capítulo 2 da minha tese de doutoramento.

Abaixo, o link para a publicação, além dos resumos em português e em inglês.
Neste mesmo link também é possível fazer o download da edição completa, assim como do meu artigo separadamente.

Revista Communication Studies, dez/2007 Continue lendo »


Tese

outubro 26, 2007

Minha tese de doutoramento foi defendida em março de 2007 com o título:
Obesidade e pobreza na imprensa: epidemiologia de uma questão social.

Abaixo, o resumo do trabalho:

Resumo

Abstract

Resumen

Resumé


Tese citada na revista RADIS

julho 31, 2007

Capa Radis Abril 2007A revista RADIS do mês de abril teve como matéria de capa o tema Alimentação no Brasil. O jornalista responsável, Adriano de Lavor, entrou em contato comigo no mês anterior para que eu lhe respondesse algumas perguntas acerca de minha tese e minha opinião sobre a questão. O resultado está no site da Radis. O espaço conferido às minhas questões não foi mal. Continue lendo »